Idéias que se cruzam, sincronicidade, Gregoire Scalabre

Você sabe quando você tem uma idéia, ou cria um projeto… vai todo empolgado na internet pesquisar informações e imagens para embasar esse projeto, está lá no meio da pesquisa e OMG tem uma ideia igual a minha:

1 – Você entra em crise e joga tudo pro ar. Diz que não acredita mais na criação, que tudo o que você pensa já foi realizado por alguém em alguma época ou algum lugar do mundo;

2 – Reflete e pensa sobre o resultado. Analisa os prós e contras, aponta todos os erros, ou apenas fica embasbacado como aquilo está do JEITO que você tinha imaginado (ou melhor);

3 – Supera e fica feliz por ter idéias que estão sendo divulgadas na rede e desenvolvidas por pessoas que podem ter o mesmo gosto que o seu e a mesma forma de pensar, ou talvez pensem de forma diferente e realmente te acrescente algo…

Não digo que esse pensamentos virão nessa ordem, mas quem nunca pensou isso quando achou uma idéia sua sendo realizada por outro. Por que se não foi um ato inusitado da natureza ou que a física quântica de Jung tenta explicar pelo conceito de Sincronicidade, poderiamos chamar esse trabalho casualmente similar de plágio, sem mais = cópia.

Esse texto dramático é só pra situar o que passei nos últimos dias quando encontrei o trabalho do ceramista francês Gregoire Scalabre, que realizou trabalhos com a estética muito similar a das minhas peças cerâmicas, ou efetivou a instalação que eu imaginava em minha mente.

O foco dele é visivelmente outro, mas tiro o chapéu para a forma como ele concretizou as obras minuciosamente e foi muito feliz no resultado.

Creio (pois eu não sei ler em francês) que o conceito dele se baseia na materialidade e estética dos materiais argila/metal/polímero. É um “tema” bem distinto de todos os ceramistas que eu já conheci… tem horas que a peça parece de metal (esmaltação FANTÁSTICA) e horas que parece de plástico, sem contar as obras que são “puramente” porcelana são texturizadas com parafusos! Achei bem interessante o resultado e imagino o TRABALHO que ele teve pra montar tudo isso, principalmente a obra intitulada “Astreé”.

P.S. Nunca deixe de criar porque achou um projeto similar ao seu, se puder se una a essa pessoa e troque outras idéias!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s