Disco Melting – Rotganzen

Quem pensaria em globos de espelho derretendo? Alguma pessoa terrivelmente afetada pelo ácido lisérgico dos anos 70?

Não! Apenas o coletivo de artistas holandeses Rotganzen (formado por Robin Stam, Mark van Wijk e Joeri Horstink). Rot vem de Rotterdam (uma das maiores cidades do país).

Mais uma vez me apaixonei por uma imagem em um Pinterest que sigo e me deparo com esse trabalho e com o blog do The Jealous Curator, que fala sobre o coletivo e é referencia de vários pins.

Pelo que pude ver, o Rotganzen faz esculturas em diferentes materiais com uma abordagem lúdica com um “fundo” irônico… bem do jeito que eu gosto (risos).  Pirulitos, balões, espelhos, dinamite e soldadinhos modelando uma crítica, quem sabe?

Outros trabalhos no Flickr e no Facebook deles.

 

DIY parte 3 – Pulseira de macramê

Como eu ando bem envolvida com a preparação da minha viagem eu não venho fazendo muitos posts. Por esse motivo vou postar coisas mais curtinhas e imagens que venho encontrando no Pinterest…

A imagem de hoje ensina como fazer uma pulseira de macramê muito simples! O mais legal é que ela é realmente muito fácil de fazer; o problema é que aqui em Floripa é meio difícil encontrar esses detalhes metálicos. Eu já passei por várias lojinhas no centro e não encontrei! Acho que vou fazer alguns em cerâmica pra ver se dá certo e fica com uma aparência legal também.

Outras imagens no meu Pin: http://pinterest.com/leticiapjorge/diy/

Idéias que se cruzam, sincronicidade, Gregoire Scalabre

Você sabe quando você tem uma idéia, ou cria um projeto… vai todo empolgado na internet pesquisar informações e imagens para embasar esse projeto, está lá no meio da pesquisa e OMG tem uma ideia igual a minha:

1 – Você entra em crise e joga tudo pro ar. Diz que não acredita mais na criação, que tudo o que você pensa já foi realizado por alguém em alguma época ou algum lugar do mundo;

2 – Reflete e pensa sobre o resultado. Analisa os prós e contras, aponta todos os erros, ou apenas fica embasbacado como aquilo está do JEITO que você tinha imaginado (ou melhor);

3 – Supera e fica feliz por ter idéias que estão sendo divulgadas na rede e desenvolvidas por pessoas que podem ter o mesmo gosto que o seu e a mesma forma de pensar, ou talvez pensem de forma diferente e realmente te acrescente algo…

Não digo que esse pensamentos virão nessa ordem, mas quem nunca pensou isso quando achou uma idéia sua sendo realizada por outro. Por que se não foi um ato inusitado da natureza ou que a física quântica de Jung tenta explicar pelo conceito de Sincronicidade, poderiamos chamar esse trabalho casualmente similar de plágio, sem mais = cópia.

Esse texto dramático é só pra situar o que passei nos últimos dias quando encontrei o trabalho do ceramista francês Gregoire Scalabre, que realizou trabalhos com a estética muito similar a das minhas peças cerâmicas, ou efetivou a instalação que eu imaginava em minha mente.

O foco dele é visivelmente outro, mas tiro o chapéu para a forma como ele concretizou as obras minuciosamente e foi muito feliz no resultado.

Creio (pois eu não sei ler em francês) que o conceito dele se baseia na materialidade e estética dos materiais argila/metal/polímero. É um “tema” bem distinto de todos os ceramistas que eu já conheci… tem horas que a peça parece de metal (esmaltação FANTÁSTICA) e horas que parece de plástico, sem contar as obras que são “puramente” porcelana são texturizadas com parafusos! Achei bem interessante o resultado e imagino o TRABALHO que ele teve pra montar tudo isso, principalmente a obra intitulada “Astreé”.

P.S. Nunca deixe de criar porque achou um projeto similar ao seu, se puder se una a essa pessoa e troque outras idéias!

 

Helen Rödel – Perfeição através das mãos

Acho que o meu sonho é conhecer a Helen Rödel.

Sinceramente nunca vi algum estilista trabalhar com a intenção dela. Quero conhece-la pessoalmente pra saber se ela pensa da mesma forma do que eu, pois trabalhar com a manualidade dentro da indústria da moda não é um trabalho nada fácil.

Ela é uma estilista do Rio Grande do Sul que é conhecida mundialmente. Trabalha com roupas confeccionadas manualmente por meio da técnica do crochet. O forte dela é o ponto pipoca, que eu acho lindo de morrer!

Podem conhecer o trabalho dela, se não pelas impecáveis peças de alta costura em crochet (que de longe você sabe que é dela) ou por aquela campanha das mascaras de animais, que muita gente já viu e também é um trabalho super elaborado e lindo. Esse ano ela participou da Casa de Criadores desse ano – e mais uma vez muito bem sucedida!

Se quiser ver mais além do site também tem o documentário sobre o desenvolvimento da coleção MMXI:

 

 

 

DIY parte 2 – Como fazer um Terrarium!

Primeiramente eu queria agradecer a todos que estão acessando o blog, pois em 10 dias tive 500 acessos e pra mim isso é ótimo! Além disso o post de ontem foi o mais acessado desses 10 dias, tendo quase 100 dessas visualizações!!!!

Portanto em consideração a todos que leram sobre os terrariums decidi postar como se fazem esses pequenos jardins! Achei um post super completo no site Vila do Artesão e vou colocar aqui o processo bem como eles explicaram. Espero que vocês gostem, e se alguém fizer me mande fotos para eu colocar aqui!

Como montar seu terrarium:

Dicas:

1 – Não coloque muitas plantas, apesar de pequenas as suculentas crescem, e com o tempo podem vir a prejudicar o desenvolvimento uma das outras.

2 – Dependendo do recipiente que você utilizar para fazer seu terrarium pode precisar de algumas ferramentas que podem ser improvisadas em casa, como essas:

 

 

 

 

 

De acordo com o post do Vila do Artesão:

A colher ou um garfo amarrado no espetinho são uma pá.  Para comprimir a terra depois que plantar as mudas use uma rolha no espetinho. Um arame com a ponta encurvada ajuda a introduzir as mudas no lugar certo.  A gilete e a agulha presas no espetinho com arame, ajudam a cortar e retirar do vidro as folhas murchas.  E se for preciso limpar o vidro por dentro ou as folhas das plantas, use a esponja e o pincel, presos também no espetinho. Dois palitos de madeira ajudam a manipular as mudas e a ajeitar dentro do vidro.  

Para garantir a saúde do seu terrarium comece lavando muito bem o vidro com detergente e enxaguando com água e desinfetante. Isso mata algum fungo que possa estar presente no vidro.  Enxágue e deixe secar.

 

Após lavar o recipiente, com um auxilio de um funil de papel, coloque uma camada de cascalho, em seguida carvão (para o composto não ficar ácido) e o composto de turfa bem seco (indicado para isso). Abra um pequeno buraco para inserir as plantas e utilize seus instrumentos para auxiliar, prefira colocar as plantas a partir das bordas para facilitar seu trabalho. Comprima bem a terra em torno da planta após realizar o plantio, quando terminar regue o composto levemente com ajuda de um vaporizador e feche a garrafa.

Se a água começar a condensar demais nas paredes do vidro, destampe por um dia para que a água evapore.  E se, ao contrário, não houver nenhuma condensação, significa que você economizou demais na água.  Abra o garrafão e vaporize novamente.

E voilá! Está pronto seu terrarium! Eles também tem outro tutorial ótimo para terrariums de parede, vale a pena dar uma olhada!


DIY parte 1 – Mini vaso em 30 segundos

Encontrei um site perfeito sobre Do It Yourself, nosso conhecido DIY. Se chama Curbly, na verdade ele não fala só sobre DIY, também  tem informações e PROJETOS sobre craft, inspirações, móveis, reformas, pintura, trabalho com madeira, jardinagem… mil coisas que eu quero mostrar aqui!

Então vou mostrar um projetinho muito simples (mesmo) de como fazer um mini vaso em 30 segundos – como diz no site.

Tudo o que você vai precisar é de um copinho simples (daqueles bem cilíndricos sem relevos ou texturas),  um balão e tesoura.  O tamanho vai depender do N° do balão, quanto maior o balão maior o copo. Com o balão que eu tinha consegui fazer em um copinho de cachaça.

Basicamente você irá revestir o copo com o balão e colocar a rebarba para dentro  do copo. Corte a “boca” do balão para facilitar, como mostra a figura.

Tchans!!! Está pronto o seu mini vaso! O rosa foi o que eu acabei de fazer…

Night Owl Paper Goods

Hoje eu vou mostrar produtos de uma marca que achei no Etsy também, a Night Owl Paper Goods! É uma empresa que surgiu da paixão de um casal pelo trabalho manual e crafts. Trabalham com presentes “eco-chic” cartões, papéis para scrapbook, decorações, handbooks e pequenos mimos em papel ou madeira.

Eles tem uma abordagem bem lúdica, e criam ilustrações que até parecem um pouco infantis, mas muito meigas também… Além dos personagens como as corujas e outros animais, têm estampas lindas. Os produtos são confeccionados manualmente e em diferentes processos e suportes, tendo impressões, relevos e texturas diferenciados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eles participam de uma feira só deste ramo chamada National Stationary Show,  o stand deles é demais, dá vontade de ter tudo! Quem quiser ver mais pode acessar a página do Facebook ou o shop no Etsy. Já que o frete não vem até o Brasil vale guardar as imagens e mandar de e-card!

Knit on Esty

Ontem acabei me desencontrando da minha amiga para ir tricotar na Av. das Rendeiras (pois estava um dia lindo), e decidi tricotar ali mesmo onde fui almoçar na Barra da Lagoa. Claro que algumas pessoas ficaram olhando com caras estranhas, mas o importante foi participar desta data!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bom, para finalizar o final de semana que eu dediquei somente ao tricot, quero falar sobre um dos meus sites favoritos, do qual eu retiro muitas imagens, inspirações e até mesmo contatos!

Estou falando do Etsy! Um site de vendas pela internet, que possui um foco diferenciado, onde as pessoas expõe seus trabalhos e estabelecem seus próprios preços. Pode-se dizer que é como uma “feirinha” virtual, sem querer diminuir seu valor é claro. Acho interessante que os shops, acabam se tornando portfólios, ao mesmo tempo em que a página foi feita para vender os produtos.

Já me questionei certas vezes sobre o site vender desde receitas de cozinha que custam U$3,00 até pulseiras de safiras coloridas de U$17.000,00, mas acabei me apaixonando por essa diversidade. Ali eu encontro de tudo mesmo… plantas e artefatos para jardim, peças cerâmicas rústicas ou altamente refinadas, bem como as roupas, muitos acessórios, receitas de cozinha, tutoriais de tricot…

Fiz uma breve seleção de produtos de tricot que eu gostei para mostrar pra vocês:

Links dos trabalhos:

Gola – EandAHeritage

Maxi Cachecol – Made by Chloë

Sapatinho de bebê – Bonita Patterns

Vestido – Wonderhand 

Fico por aqui e boa semana!

Reinventado o Tricot

Como hoje é o Dia internacional de tricotar em público o assunto será tricot, obviamente!

Ontem minha cara colega Marina Caponera, me enviou um link com uma ação incrível do designer Andre Brena, que além de tricotar em meio a DMY, uma feira internacional de design em Berlin, confeccionou trabalhos lindos com os BRAÇOS sendo suas agulhas!

Reinventar as ferramentas utilizadas para fazer tricot é uma idéia totalmente inusitada, destaca a renovação desse processo e traz um toque contemporâneo à técnica, e por isso tiro meu chápeu para o designer!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como pode-se ver, com esta técnica ele utiliza tecido para criar ‘móveis’, tapetes e outros objetos de decoração… São produtos que se destacam pela sua escala, cores e texturas.

Com isso lembrei de outros trabalhos de tricot gigante que eu já havia encontrado na internet, mas não vou colocar todos pois vou fazer um post só sobre isso…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora vou preparar minhas coisas para sair para tricotar em algum lugar! Até mais…

Fonte: Design Boom <http://www.designboom.com/weblog/cat/8/view/21715/andrea-brena-knitted-army-at-dmy-berlin-2012.html&gt;